PÚBLICO

O blogue de 10 políticos em campanha

Comício Público

O que se esperava que António Costa dissesse

Cidadãos e cidadãs,

Se o PS não sair vencedor destas eleições, quero esclarecer que não deixaremos de estar à altura das nossas responsabilidades. O País pode contar com o PS como sempre contou em todos os momentos da nossa História democrática. Seremos exigentes, atentos e construtivos. Vamos analisar todas as propostas quando as conhecermos e decidir sobre elas sempre em função do interesse nacional. O próximo Orçamento de Estado é absolutamente vital para os portugueses. Tem de responder aos seus problemas reais. Precisamos de estabilidade, em face da situação que o país ainda atravessa. Precisamos de, com rigor nas finanças públicas, relançar a economia e a justiça social. Nós não dizemos não a um orçamento que desconhecemos. Queremos sim um orçamento que satisfaça as condições do PS.

Cumprimentos,

António Costa.

Desculpem. Não foi nada disto que disse António Costa.

O que disse, como sabemos, foi simples e cru: se ganhar a coligação, o País fica sem orçamento.

Comentários

Um comentário a “O que se esperava que António Costa dissesse”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *