O homem do cachimbo

Ciberescritas Isabel.Coutinho@publico.pt Quando, há 17 anos, Pierre Assouline escreveu a biografia sobre Georges Simenon (“Simenon”, colecção de livros de bolso Folio) ficou saturado. Já não podia ouvir falar mais do escritor belga que é autor de 400 romances, viveu em 33 casas e teve inúmeras mulheres. É que os três ou quatro anos que passou […]