Manuel Alegre soltou a memória e o livro fez-se

O regresso de Manuel Alegre à prosa, com “O Miúdo Que Pregava Pregos Numa Tábua” (Dom Quixote), faz-se com uma escrita que puxa pela memória – e a memória puxa pela palavra. Isabel Coutinho Quando Manuel Alegre escrevia “O Miúdo Que Pregava Pregos Numa Tábua”, um amigo perguntou-lhe se era uma história. Na altura não soube […]