Hoje pode ler no caderno Ípsilon

NA CAPA David Bowie Herói para sempre Para David Bowie só há um presente Num tempo de cultura fragmentária, Bowie podia regressar como uma peça de museu para colmatar dez anos de silêncio, mas The Next Day é, afinal, um álbum denso e urgente, uma obra do presente, capaz de recriar a sua memória, entre […]






Amanhã podem ler no caderno ípsilon

NA CAPA Brancos, pretos e as cores que há no meio Ainda não conhecemos Monika Ginstonsdorfer mas ela dinamitou a cena performátoca europeia, com a sua revisão radical do conceito de interculturalidade a partir do trabalho com performers da Costa do Marfim. Dois dias de confronto no Teatro Maria Matos, em Lisboa (sexta e sábado), […]






Hoje pode ler no caderno Ípsilon

NA CAPA Alfred Hitchcook Mito e realidade do homem que ampliou os nossos sonhos Quem foi Alfred Hitchcock? Foi o grande manipulador do seu próprio mito. E o inventor do espectáculo-voyeur. A propósito de Hitchcock, filme que o retrata durante a rodagem de Psycho, conversámos com um homem que andou décadas atrás da sua vida, […]






Hoje pode ler no Ípsilon

NA CAPA Kathryn Bigelow correspondente de guerra Kathryn Bigelow tortura a consciência da América pós- 11 de Setembro Filme “a quente” sobre a caça a Osama Bin Laden, é uma meditação sobre as contradições da América na sua resposta ao terrorismo, ou, pelo contrário, não escapa a ficar embedded no triunfalismo de um regime? Kathryn […]






Hoje pode ler no caderno Ípsilon

NA CAPA Julião Sarmento pelo buraco da fechadura Retrospectiva em Serralves O alfabeto de Julião Sarmento Noites Brancas, que o Museu de Serralves inaugura esta noite, é a maior retrospectiva de sempre de um dos nomes fundamentais da arte portuguesa contemporânea. Obra, vida e ficção numa exposição que é também a enciclopédia muito pessoal e […]






A Câmara Escura do Vasco

(fotografia roubada descaradamente do Facebook do Vasco Câmara) Quem ainda não reparou, fica avisado. O jornalista e crítico de cinema do PÚBLICO, Vasco Câmara, tem um blogue que mantém nas horas em que não está com a cabeça enfiada no ípsilon. Chama-se Câmara Escura e é um dos novos blogues do PÚBLICO. Quem não sabe […]






Amanhã podem ler no Ípsilon

Na Capa Herta Müller, o medo entranhado na cabeça Sentir-se descalça no corpo todo Herta Müller chegou: figura frágil a sorrir, voz forte a falar um alemão com sotaque mas límpido. Ao saber da nossa vontade de a fotografar o rosto ficou vazio por momentos. Depois olhou-nos assustada e disse que não, que não podia, […]






Hoje podem ler no ípsilon

NA CAPA Primavera Indie Um festival das minorias com as quais se fará a história da pop Esta minoria canta mais alto que todas as maiorias Por Mário Lopes Um estádio do tamanho de um apartamento Samantha Urbani começou a preparar as canções disco-pop-funk-girl group dos Friends no Verão de 2010 e há seis meses […]






Sexta-feira podem ler no Ípsilon

NA CAPA Os trabalhos de um pedófilo para encenar a normalidade “Michael”, um filme de Markus Schleinzer Lá em baixo, na cave onde a Áustria fecha os seus fantasmas Um país refugiado atrás de “belas paisagens” – para onde varrou a sua História – e um “filme-escândalo” que abre a porta da cave. Mais do […]






Amanhã podem ler no Ípsilon

NA CAPA Sinais de fogo na nova literatura cubana Há mais para além da tríade “sexo, palmeiras e regime” quando se fala de literatura em Cuba. E os escritores só querem fugir desses clichés. Raquel Ribeiro, em Havana “Gosto que me contem mentiras bem contadas” Entrevista com Juan Marsé a propósito de “Caligrafia de Sonhos” […]