Cinzas de José Saramago repousam finalmente à sombra de uma oliveira na Casa dos Bicos

“Não temos outra eternidade para te dar”, disse Lídia Jorge referindo-se ao Nobel português, cujas cinzas foram depositadas em Lisboa Por Isabel Coutinho Que este lugar passe a ser “local de paragem dos apressados”. Que este seja o “banco onde se sentem os cansados”. Que esta seja a “casa onde se façam leituras”. Que “neste […]






“A arte é tudo. Tudo o resto é nada”

(fotografia de Nuno Ferreira Santos) Lembrou-se Eça; a despedida ao Nobel foi marcada pela emoção; a sua obra foi comparada à de Camões e Pessoa – só faltou o Presidente. Por Isabel Coutinho, com Cláudia Sobral O avião estava prestes a cair. Lá dentro, entre os passageiros, estava o escritor brasileiro Jorge Amado. No momento […]






“Quando um escritor morre, é um mundo que desaparece”

(fotografia de Nuno Ferreira Santos) No velório de José Saramago, Portugal foi prestar-lhe homenagem com cravos e rosas. Por Isabel Coutinho, com Cláudia Sobral D. Mariana Amália chega à rua e respira fundo. Acaba de descer a escadaria dos Paços do Concelho, no Largo do Município, em Lisboa, onde se foi despedir de José Saramago […]






Kodama entre o génio de Borges e as perguntas geniais de Saramago

(fotografia de Pedro Rios) [ texto publicado no jornal PÚBLICO no dia 22 de Junho de 2006] José Saramago revelou-se um óptimo entrevistador. María Kodama, a última companheira de Jorge Luis Borges, riu-se às gargalhadas e lá foi respondendo às perguntas sérias, íntimas e prosaicas do Nobel português. “Como é que Borges dizia que te […]






Alexandre Soljenitsin no PÚBLICO

Ler hoje no PÚBLICO o trabalho de vários jornalistas sobre o escritor Alexandre Soljenitsin que morreu aos 89 anos. Pode ir para lá a partir daqui. (Quando lá chegar clique na zona de texto para ler e depois nas setas em cima para passar de página. E volte a seguir as mesmas instruções).






Despedida

Via PÚBLICO : O corpo do jornalista Torcato Sepúlveda, falecido ontem no Hospital de Almada, estará hoje na Igreja de Santo Condestável, em Campo de Ourique, Lisboa, a partir das 15h00. Editorial de José Manuel Fernandes aqui






Obrigada, Torcato. Até sempre.

Morreu o jornalista e crítico literário Torcato Sepúlveda. Muito do que sou o devo a ele. Foi meu editor durante anos. Com ele aprendi a conhecer autores em que nunca teria pegado se ele não me tivesse falado com entusiasmo sobre eles. Foi por causa dele que comecei a escrever sobre escritores e sobre livros. […]