Lisboa distingue hoje Rubem Fonseca


(fotografia de José Carlos Marques/CMPV)

Depois de ter sido condecorado pelo Governo português há dias na Póvoa de Varzim (na fotografia) Rubem Fonseca é homenageado em Lisboa.
A Câmara Municipal de Lisboa entrega hoje, 27 de Fevereiro pelas 12h, a Medalha de Mérito Municipal Grau Ouro ao escritor brasileiro, Rubem Fonseca, como reconhecimento da Câmara Municipal de Lisboa pela sua brilhante carreira. A cerimónia decorrerá no Salão Nobre dos Paços do Concelho e contará com a presença do presidente da CML, António Costa e da vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto. Vencedor do Prémio Camões em 2003, de cinco Prémios Jabuti e do Prémio Juan Rulfo, Rubem Fonseca é um dos mais importantes e singulares escritores brasileiros contemporâneos.
José Rubem Fonseca nasceu em Juiz de Fora, Minas Gerais, em 11 de Maio de 1925 e é licenciado em Direito. Exerceu diversas actividades profissionais antes de se dedicar inteiramente à literatura. A sua formação académica, o seu trabalho como Comissário na Polícia, a sua especialização em psicologia criminal e toda a sua experiência e contactos inerentes à actividade policial marcaram fortemente a sua obra literária e criativa. Autor de romances, contos, ensaios e guiões, a sua obra tem sido objecto de adaptação ao cinema, ao teatro e à televisão. Entre as suas personagens mais conhecidas e protagonista de alguns dos seus romances e contos notabilizou-se o detective privado Mandrake, que saindo das páginas da sua obra literária se populariza através de uma série para a televisão brasileira.

Deixar um comentário