O colóquio Ruy Belo : Homem de Palavra [s] na Fundação Gulbenkian hoje e amanhã pode ser visto em streaming a partir daqui

Watch live stream­ing video from fcglive at livestream.com

Ruy Belo: Homem de palavra[s]
COLÓQUIO INTERNACIONAL
3, 4 Nov 2011
Das 10:00 às 19:00
Auditório 2

Trans­mis­são directa online com­patível com IPHONE | IPAD | Android:

http://www.livestream.com/fcglive

PROGRAMA
nos 50 anos da pub­li­cação de “Aquele Grande Rio Eufrates”

Quinta, 3 Nov
10:00 / 10:30
Con­fer­ên­cia de aber­tura por
Emílio Rui Vilar
António Feijó

10:45 / 12:30
Ruy Belo e o estilo tar­dio, por Pedro Serra
Con­strução e descon­strução em poe­mas lon­gos de Ruy Belo, por Gastão Cruz
«Janela para o mar voltada». Poe­sia e pais­agem na escrita de Ruy Belo, por Ida Fer­reira Alves

14:30 / 15:45
Relatórios, con­tas e tes­ta­men­tos em Boca Bilingue e out­ros livros de Ruy Belo, por Paula Morão
Poe­sia por Ruy Belo, o ensaísta vivo que me inter­essa mais, por Luis Maf­fei
Ruy Belo e o livro de poe­sia, por Clara Rowland

16:00 / 17:15
Her­menêu­tica e espir­i­tu­al­i­dade na poe­sia por­tuguesa con­tem­porânea, por Mar­cos Apare­cido Lopes
Ruy Belo e a tele­olo­gia: uma leitura do poema «A Mis­são das Fol­has», por Gus­tavo Rubim
Notas sobre cin­ema em Ruy Belo: «uma linha que à imag­i­nação pura resiste», por Diana Pimentel

17:30 / 18:30
Apre­sen­tação de livros:
Revista Colóquio/Letras, n.º 178, ded­i­cado a Ruy Belo
Fer­nando J. B. Mar­t­inho – Na Margem da Ale­gria Antolo­gia de Ruy Belo (org. Manuel Gus­mão)
Nuno Júdice — O Núcleo da Clar­i­dade de Duarte Belo
Paula Morão — Homem de Palavra[s]

Sexta, 4 Nov
10:00 / 11:15
Ruy Belo: Brasil, «País Pos­sível», por Jorge Fer­nan­des da Sil­veira
Do for­mato mul­her em Ruy Belo, por Luís Mourão
Da poe­sia em Ruy Belo: Ded­i­catória e des­pe­dida, por Manuel Gusmão

11:30 / 13:00
A lóg­ica de um poeta tradu­tor de poe­sia, por Nuno Júdice
Proces­sos de mon­tagem no poema longo de Ruy Belo, por
Rosa Maria Martelo
Ruy Belo: a escrita entre várias for­mas de ameaça e fal­sas pis­tas, por Cristina Santos

14:30 / 15:15
«Foi men­tira, sou ninguém»: sobre­vivên­cias, por Manoel Ricardo de Lima
Ima­gens do amor na poe­sia de Ruy Belo, por Fer­nando Pinto do Amaral

15:30 / 16:45
Fig­uras do desa­parec­i­mento, por Golgona Anghel
A con­strução do espaço na poe­sia de Ruy Belo, por Man­aíra Athaíde
Ruy Belo: lirismo, iro­nia, tor­ren­cial­i­dade, por Vasco Graça Moura
17:00 / 18:00
Leitura de poe­mas por Luis Miguel Cin­tra e Rita Blanco

18:00 / 19:00
Con­fer­ên­cia de encer­ra­mento por Eduardo Lourenço

Nota:
Cel­e­brando o cinquentenário da pub­li­cação de “Aquele Grande Rio Eufrates” (1961), este colóquio destina-se a hom­e­nagear a obra de um dos poetas cen­trais da segunda metade do século XX. Aberto a estu­diosos da obra de Ruy Belo, mas tam­bém a espe­cial­is­tas da poe­sia por­tuguesa do século XX e da teo­ria e crítica literárias, este encon­tro pre­tende pôr em relevo os múlti­p­los prob­le­mas que a sua poe­sia coloca, os uni­ver­sos de refer­ên­cia e o seu lugar no panorama da poe­sia contemporânea.

Comis­são orga­ni­zadora:
Paula Morão
Nuno Júdice
Teresa Belo

Comis­são cien­tí­fica
Paula Morão
Nuno Júdice

Esta entrada foi publicada em Agenda, Vídeo com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/ciberescritas/2011/11/03/o-coloquio-ruy-belo-homem-de-palavra-s-na-fundacao-gulbenkian-hoje-e-amanha-pode-ser-visto-em-streaming/" title="Endereço para O colóquio Ruy Belo : Homem de Palavra [s] na Fundação Gulbenkian hoje e amanhã pode ser visto em streaming a partir daqui" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário