O filme “Consideração do Poema” produzido pelo IMS para o Dia D que foi apresentado na Casa Fernando Pessoa

Consideração do Poema from mira filmes on Vimeo.

(via Dia D http://diadrummond.ims.uol.com.br/)

As palavras do poema “Em face dos últimos acontecimentos” ditas pelo cartoonista brasileiro Laerte, vestido de mulher, no filme “Consideração do poema”, realizado pelo Instituto Moreira Salles para o Dia D – o dia Drummond que hoje se comemorou em Portugal e no Brasil, ecoam no auditório da Casa Fernando Pessoa, em Lisboa.

“Oh! sejamos pornográficos/(docemente pornográficos)./Por que seremos mais castos/que o nosso avô português?// Oh! sejamos navegantes,/bandeirantes e guerreiros/sejamos tudo que quiserem,/sobretudo pornográficos.//A tarde pode ser triste/e as mulheres podem doer/como dói um soco no olho/(pornográficos, pornográficos).//” Laerte com a sua maneira de dizer “pornográficos, pornográficos” põe o público a rir e ainda mais riem quando ele termina dizendo “gozado”. É como se do outro lado da câmara, Laerte estive a antecipar o que se iria passar em Lisboa quando os portugueses o estivessem a ouvir declamar Drummond ao final da tarde.

Sala a abarrotar para comemorar o Dia D, o dia Drummond, em Lisboa. A ideia partiu do Brasil, do Instituto Moreira Salles (IMS), que tem o acervo pessoal do poeta brasileiro Carlos Drummond de Andrade (1902-1987): e se tal como acontece na Irlanda, com o Bloomsday dedicado a James Joyce houvesse um dia Drummond, o dia D, a ser comemorado em todo o mundo? Assim nasceu o dia D, comemorado pela primeira vez, hoje, 31 de Outubro, dia de nascimento do poeta.

Continuar a ler no PÚBLICO online

Esta entrada foi publicada em Desarrumados com os tópicos , . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/ciberescritas/2011/11/02/o-filme-consideracao-do-poema-produzido-pelo-ims-para-o-dia-d/" title="Endereço para O filme “Consideração do Poema” produzido pelo IMS para o Dia D que foi apresentado na Casa Fernando Pessoa" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário