“Uma Viagem à Índia”, de Gonçalo M. Tavares, recebe Grande Prémio de Romance e Novela APE/MC 2010

Transcrevo o comunicado enviado pela APE : “Relativamente aos livros publicados em 2010, o Grande Prémio de Romance e Novela APE/MC, atribuído desde 1982, em vinte e nove anos consecutivos, acaba de galardoar a obra “Uma Viagem à Índia”, de Gonçalo M. Tavares (Caminho).
Ao reunir pela 3.ª vez, o júri, constituído por José Correia Tavares, que presidiu, Cristina Robalo Cordeiro, Fernando Dacosta, Isabel Cristina Rodrigues, José Manuel de Vasconcelos e Violante Magalhães, deliberou por maioria, pois Isabel Cristina Rodrigues e José Manuel de Vasconcelos votaram em “A Cidade do Homem”, de Amadeu Lopes Sabino (Sextante).
As 99 obras admitidas ao concurso (mais 14 do que no ano passado), e dado que duas são de co-autoria, outras duas de um mesmo autor e mais duas de um outro, correspondem também a 99 escritores, 74 homens, 25 mulheres, tendo a chancela de 43 editoras (mais 10 do que no ano passado).
O Grande Prémio de Romance e Novela, no montante de 15 000 Euros, já distinguiu 25 autores, de 16 editoras, havendo 4 que bisaram: Vergílio Ferreira, António Lobo Antunes, Agustina Bessa-Luís e Maria Gabriela Llansol. Foram patrocinadores, relativamente a esta sua última edição: o Ministério da Cultura, a Fundação Calouste Gulbenkian, a Imprensa Nacional-Casa da Moeda, o Instituto Camões, o Município de Grândola e a Sociedade Portuguesa de Autores.”

Esta entrada foi publicada em Escritor, Prémio com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/ciberescritas/2011/06/27/uma-viagem-a-india-de-goncalo-m-tavares-recebe-grande-premio-de-romance-e-novela-apemc-2010/" title="Endereço para “Uma Viagem à Índia”, de Gonçalo M. Tavares, recebe Grande Prémio de Romance e Novela APE/MC 2010" rel="bookmark">endereço permamente.

Um comentário a “Uma Viagem à Índia”, de Gonçalo M. Tavares, recebe Grande Prémio de Romance e Novela APE/MC 2010

  1. Estou confuso… já passou algum tempo, mas guardo na memória “o” pormenor da estória. O coche que transportou a “Gata Borralheira” até ao baile no palácio real, transformou-se em abóbora… às 24 horas, em ponto!
    😉

Deixar um comentário