Amanhã pode ler no caderno Ípsilon

NA CAPA

Um jornalista infiltrado no terrorismo islâmico
Entrevista com Antonio Salas, o autor de “O Palestiniano”

O jornalista-camaleão que já se fez passar por “skinhead” e traficante de mulheres conta ao Ípsilon como se confundiu com um terrorista para escrever “O Palestiniano”. Nunca uma infiltração jornalística tinha sido levada tão longe: Antonio Salas aprendeu árabe, converteu-se ao islão e fez-se circuncidar. Por Paulo Moura, em Madrid

Ópera com software do Barroco
Estaremos no “Barroco” da era digital? A produção de “Antígono”, de Antonio Mazzoni, a última ópera em cena antes do terramoto de 1755, leva a pensar que sim. Estreia mundial, sexta e sábado, no CCB, em Lisboa.

A música tatuada em Legendary Tigerman
O homem que sexta e sábado subirá ao palco dos Coliseus pode ser venerado de França ao Japão, mas é o mesmo de há dez anos: um tolinho da música. Para conferir bastou pôr-lhe discos a tocar. A jukebox de Paulo Furtado, o Legendary Tigerman.

King Kong salvou a vida de Jimi Tenor
Sexta à noite, Jimi Temor vai ao Space, em Lisboa, provar que um espectáculo de um homem só não significa necessariamente um espectáculo de um estilo só.

Contra a retórica da certeza
Através de jogos de reflexos e da encenação de presenças Ana Vieira constrói uma narrativa de ambiguidades e suspense: nunca se sabe o que está atrás de uma porta, de uma cortina ou o que acontece depois de atravessar um corredor ou transpor um muro.

Artistas à beira de um ataque de documentários
Subitamente, o mercado português é inundado de DVD sobre artistas plásticos. Mas o que é que o cinema filma quando se põe a observar o trabalho artístico?

Romain Gary, o escritor que recebeu o Goncourt duas vezes
Trinta anos depois da morte do escritor, sai finalmente em Portugal “Uma vida à sua frente”, que assinou como Émile Ajar e lhe deu o segundo Pémio Goncourt. E, em Paris, a vida dele deu uma exposição.

À descoberta de Sophia
A cerimónia de doação do espólio de Sophia de Mello Breyner Andresen à Biblioteca Nacional, na próxima semana, é acompanhada de uma exposição e de um colóquio internacional. Do material agora depositado fazem parte vásrios poemas inéditos que revelam o príncipio e o fim da poesia de Sophia.

Deixar um comentário