O regresso de Lídia Jorge


(o último romance de Lídia Jorge)

Um romance passado nos anos 80 do século XX, com um tema de inesperada audácia: a idolatria e a construção do êxito.
“Combateremos a Sombra”, o último romance de Lídia Jorge, foi publicado em 2007. Quatro anos depois, em Março, a escritora lança “A noite das mulheres cantoras” na Dom Quixote. “É um romance passado nos anos 80 do século XX, com um tema de inesperada audácia: a idolatria e a construção do êxito. Trata-se de um livro que se constrói em torno da questão da fama”, conta a sua editora Cecília Andrade. É um romance sobre “o êxito e a perda, sobre um equívoco e a passagem do tempo. Um monólogo, uma escrita na primeira pessoa, a reconstrução de uma memória e de um segredo”, acrescenta explicando que o este livro, tal como acontece na obra da autora, é sobre uma questão social, sobre a força do grupo e a aniquilação do indivíduo perante o colectivo. “A pergunta que fica é: Quantas vítimas deixamos pelo caminho para perseguir um objectivo?”

Um comentário a O regresso de Lídia Jorge

Deixar um comentário