Para ler e reler

falar

O livro “Assim é que é falar!”, de três especialistas na língua portuguesa, responde a 201 perguntas e tira dúvidas sobre o português falado e escrito. Aqui ficam alguns exemplos: “Qual é o plural de corrimão?” (corrimãos) As siglas têm plural? (não) “O plural de filhó é filhós, ou filhoses?” (filhós) “Convidam-se os alunos a visitar a exposição” ou “a visitarem”? (a visitar é que está correcto) A frase “Por que é que ele não veio?” está correcta? Não, não está, lê-se no livro. Deve ser: “Porque é que ele não veio?”, pois a palavra “porque” é um advérbio interrogativo, constituído por uma só palavra, tal como acontece em latim. Para ler, reler, usar e abusar.

Assim é que é falar!
Autores: Maria Regina de Matos Rocha, Maria João Casanova de Matos, Sandra Duarte Tavares
Editora: Planeta
€13,90

Esta entrada foi publicada em Desarrumados, Livros com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/ciberescritas/2010/05/03/para-ler-e-reler/" title="Endereço para Para ler e reler" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário