Ainda à espera que as cinzas do vulcão desapareçam dos céus

img_0867

Não há por aí uma Lisbeth Salander ou  um Mikael Blomqvist que me façam companhia nesta espera em Estocolmo? Talvez seja a altura de ler (finalmente ) o terceiro volume da série Millenium.

Esta entrada foi publicada em Em viagem com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/ciberescritas/2010/04/18/ainda-a-espera-que-as-cinzas-do-vulcao-desaparecam-dos-ceus/" title="Endereço para Ainda à espera que as cinzas do vulcão desapareçam dos céus" rel="bookmark">endereço permamente.

2 comentários a Ainda à espera que as cinzas do vulcão desapareçam dos céus

  1. Bom dia Isabel, si eu posso conselhar, acho melhor você ler algo dum escritor da Islândia, talvez algo que fala sobre os trolls.
    Eles são tão mazinhos e pode ser eles têm tbm alguma responsabilidade nisso…
    (Brincadeira)

    Entretanto, ontem, um artigo interessante no jornal
    Nacional de La Stampa de Turim, onde o escritor Helgason Hallgrímur disse: “A cinza cobriu o escândalo bancário. Os
    políticos tam obrigados. ”
    E nos temos Etna e o Vesuvio na Itália: quem sabe quales das nossas muitas misérias politicas vam cobrir quando vam començar … o “trabalho”!
    (Brincadeira nenhuma,infelizmente)
    Desculpe por o meu portugues.
    Desejo regressa pronto no seu portugal que amo.
    Manuela

Deixar um comentário