As histórias de Manuel Bandeira

Já aqui vos contei a história do poeta Manuel Bandeira e da “moça com olhos de piscina”, Clarice Lispector, que foi dada ao mundo em duas crónicas de Rubem Braga (ver post Clarice e seus olhos de piscina). A 7ª edição da Festa Literária de Paraty foi dedicada a Manuel Bandeira. E o professor Davi Arrigucci Jr falou sobre Manuel Bandeira na conferência de abertura da FLIP 2009.


Em Paraty tive a felicidade de ir almoçar com toda a equipa da editora brasileira Cosac Naify. Numa das mesas estava Edson Nery da Fonseca, o bibliotecário que foi amigo do poeta e que publicou, em 2002, “Alumbramentos e perplexidades”, uma análise das influências na obra de Bandeira. Até ao final da minha vida vou-me recordar dele a recitar poemas, ali, ao fundo da mesa.
Mais tarde, na Tenda dos Autores, ele e o escritor Zuenir Ventura contaram histórias e disseram poemas. Humberto Werneck, autor de “O santo sujo – a vida de Jayme Ovalle”, moderou a conversa.

img_0483

img_0485

img_0486

img_0487

img_0488

Deixar um comentário