Coisas de que gosto

Especialidades claustrais das monjas beneditas do Mosteiro de Santa Escolástica, Roriz, Santo Tirso.
Bolachas variadas (açúcar, ovos, gordura vegetal e aromas). Cada caixa tem seis variedades: rochedos (coco), lagartas, maizena, areadas, pão de amêndoa e sablé.
Duarte Calvão fez um artigo “As Bolachas da Santa Escolástica” no Diário de Notícias sobre estas bolachas e a forma como são confeccionadas. Pode ler aqui.

Um comentário a Coisas de que gosto

  1. E se de repente a Isabel apoiasse o lançamento de um novo autor?
    Apoiar/acompanhar/divulgar/noticiar, o que fosse, que pudesse dar alguma notoriedade extra ao meu mais recente livro. Não é o mais recente do José Saramago ou mesmo do Lobo Antunes, mas também desses já toda a gente falou, pelo que, até que ponto, é efectivamente uma novidade para os seus leitores? Já a minha mais recente obra seria, de facto, algo exclusivo, uma novidade junto dos seus leitores. Eu sei que pode parecer presunção da minha parte, pois nem de longe conseguiria ombrear com semelhantes nomes, autênticos ícones das nossas letras. Mas esse é que era o desafio, apostar num desconhecido e, quiçá, ganhar a aposta. Leia-me primeiro, terei todo o prazer em fazer-lhe chegar o que escrevi para que possa atestar do que falo. Deixo à sua consideração, agora que já me alonguei em demasia. Caso me resolva brindar com uma resposta pode fazê-lo para o meu e-mail pessoal. Estarei a apresentar “A montra das vidas errantes” no próximo dia 5 de Dezembro, pelas 21h30, no espaço Bulhosa Books & Living do Oeiras Parque. Surpreenda-me!

    Atenciosamente
    Miguel ST

    PS: Era homem para a surpreender com meia dúzia de caixas destas especialidades claustrais que aqui refere.

Deixar um comentário