Eu sei que ninguém escreve como eu, diz António Lobo Antunes

Está muito bem feito e muito interessante este vídeo de promoção ao novo romance de António Lobo Antunes.

Esta entrada foi publicada em Escritor, Livros, Vídeo com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/ciberescritas/2008/10/29/eu-sei-que-ninguem-escreve-como-eu-diz-antonio-lobo-antunes/" title="Endereço para Eu sei que ninguém escreve como eu, diz António Lobo Antunes" rel="bookmark">endereço permamente.

4 comentários a Eu sei que ninguém escreve como eu, diz António Lobo Antunes

  1. Falsa Modestia? O sr. Andre deveri com certeza olhar para si primeiro de criticar os outros
    Antóni Lobo Antunes é um do homens mais inteligentes e humildes que conheço por isso veja lá se fecha a boca em vez de dizer barbaridades

  2. Tenho o prazer de conhecer António Lobo Antunes,e ele me distinguir com a sua amizade. Nessa partilha de proximidade e de conhecimento pude avaliar quanta integridade e generosidade solidária ele partilha com as pulsões do mundo e com quem o rodeia. A família,amigos,os camaradas de armas dos idos do “bivaque” angolano e os outros da mesma partilha de inúmeras gestas do capim. Homem incapaz de uma palavra rude, o seu norteio e postura são os prefácios maiores dos livros do mundo. Numa presença única remata ainda na modéstia de dizeres cativantes que nos despertam para o gume do ofício de escrever. Quem se despojaria do cimo da coluna maior? Proferindo:
    «Sou um aprendiz!…Um aprendiz até morrer!…».

  3. Quanta humildade vinda de quem é referência incontornável de tantos. O sentir que se desprende das suas palavras, as mesmas com que constrói livros, mesmo sem os escrever. Todo o seu discurso é um livro, muitos livros, que mesmo não físicos habitam e desfilam as suas páginas de saber, de um olhar que é o seu mas que é também de todos, pois partilha-o, revela-o. E quanto de facto lemos naquilo que não diz, mas que está lá.
    Obrigado pela experiência e por partilhá-la.

Deixar um comentário