Ai Chick Lit, Chick lit

A Chick Lit – aquela literatura light em que as personagens são normalmente mulheres solteiras, urbanas e com estilo, cujas preocupações são o emprego e o descobrir o príncipe encantado – , ainda anda por aí a pairar.

As personagens Bridget Jones e as amigas do livro Sexo e a Cidade enquadram-se na Chick Lit. Esta literatura destina-se também a ser lida por mulheres jovens. No Reino Unido vende tanto como os thrillers. Em Londres realizou-se uma cerimónia de entrega de prémios para este género literário. São os The Melissa Nathan Awards for Romantic Comedy.

Inside the world of chick lit

By Emma Jones
Entertainment reporter, BBC News

Chick lit

The awards were set up in memory of Melissa Nathan, who died in 2006

They are everyday tales of women who muddle comically through the mundane, bagging a handsome hero along the way to the happy ending – even if he does tend to be the local headmaster or a vet.

Welcome to the world of romantic comedy fiction – or “chick lit”, as it’s commonly known.

These books are as lucrative as crime thrillers in terms of UK fiction sales – and now they have their own award ceremony.


Inside the world of chick lit é o nome da reportagem que Emma Jones, da BBC News, fez sobre o assunto e que pode continuar a ler se clicar aqui. A acompanhar esta reportagem a propósito dos prémios para a Chick Lit a BBC tem também um vídeo que podem ir ver aqui.

A novidade é que há cada vez mais homens a ler este género de livros. Parece que o fazem porque querem perceber melhor as mulheres…

Santa ingenuidade.

Esta entrada foi publicada em Ípsilon, Vídeo com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/ciberescritas/2008/06/21/chick-lit-chick-lit/" title="Endereço para Ai Chick Lit, Chick lit" rel="bookmark">endereço permamente.

2 comentários a Ai Chick Lit, Chick lit

  1. Pingback: ‘Fazendo meu filme’: A saga de Fani « Acompanhe novidades de O Livreiro

  2. A “literatura” (no sentido mais amplo do termo, porque o seu emprego associado a chick lit é deveras discutível) tonar-se-á, tendencialmente, cada vez mais light quanto mais pesadas as pessoas se sentirem. O crime sempre compen$ou.

    saudações x-pressivas,

    x-pressiongirl 😉

    P.S. – Senti-me lisonjeada por ver o sembikini figurar nesta “pink list”. _/* Cheers

Deixar um comentário