Jeff Bezos, o Kindle e suas virtudes


Jeff Bezos na Book Expo America 2008 from Isabel Coutinho on Vimeo.

Jeff Bezos subiu na sexta-feira ao palco da Book Expo America, a decorrer no Convention Center em Los Angeles até domingo, enfiado as suas calças de ganga, camisa azul e blazer preto com um corte impecável. Com um sorriso genuíno e um ar de génio aluado lembrou a última vez que esteve nesta feira do livro dedicada aos profissionais do sector, desde editores, agentes, autores, bibliotecários e livreiros. Foi há oito anos, tinha só um filho, agora é pai de quatro, está mais velho, disse.
Pediu licença para ler um parágrafo de um livro. Pegou no seu Kindle (um aparelho para ler livros electrónicos criado pela Amazon.com), aproximou-se mais da plateia e começou a ler. Depois da leitura das primeiras frases o administrador executivo da Amazon.com tinha toda a plateia a rir. Isto aconteceu quando perceberam que se tratava de um excerto do livro de memórias do antigo porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan What Happened: Inside the Bush White House and Washington’s Culture of Deception. Esta obra tem sido discutida até à exaustão nos media norte-americanos nos últimos dias. É capa de jornais, notícia de abertura de telejornais, tema de debates televisivos.“Este livro está esgotado em praticamente todos os sítios”, explicou Jeff Bezos acrescentando que na livraria online Amazon.com a versão impressa também está temporariamente esgotada (só voltará a haver livros a 9 de Junho). “Mas enquanto vinha para cá descarreguei a versão electrónica deste livro para o meu Kindle em 60 segundos. É essa uma grande vantagem dos e-books nunca ficam esgotados.” Custou-lhe 9,9 dólares, muito menos que o livro impresso.

Pode ler o texto sobre a Book Expo America que saiu hoje no PÚBLICO aqui e aqui.

Esta entrada foi publicada em Ebooks, Feira com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/ciberescritas/2008/06/01/jeff-bezos-o-kindle-e-suas-virtudes/" title="Endereço para Jeff Bezos, o Kindle e suas virtudes" rel="bookmark">endereço permamente.

Um comentário a Jeff Bezos, o Kindle e suas virtudes

  1. Pingback: Ciberescritas » A Book Expo America vista pelos outros

Deixar um comentário