Indícios de Oiro já pode ser visto página a página

Lembram-se? No final do ano passado, a 6 de Dezembro, foi a leilão na Potássio4 o caderno Indícios de Oiro, de Mário de Sá-Carneiro, que estava há vários anos na posse dos herdeiros de Fernando Pessoa. A obra foi na altura adquirida pela Biblioteca Nacional de Portugal (BNP). São 32 poemas, num caderno de capa azul. Foram escritos em vários locais (Paris, Lisboa, Camarate, Barcelona) e em várias datas (1913 Jun-1915 Dez.).

Foram ordenados e passados a limpo neste caderno por Mário de Sá-Carneiro com vista à sua publicação. Mais tarde, pouco antes da sua morte, em 1916, Sá-Carneiro enviou este caderno ao seu amigo Fernando Pessoa.
Este caderno já está disponível online na Biblioteca Nacional Digital. Pode ser visto página a página. Vale mesmo a pena ir lá ver. Está aqui.

Outra novidade : A 13 de Junho comemora-se o 120º aniversário do nascimento do poeta Fernando Pessoa e nesse mês, a Biblioteca Nacional Digital vai disponibilizar integralmente 29 cadernos de Fernando Pessoa (estão lá poemas, esboços de projectos de livros, traduções, etc). Já foram digitalizados: estão agora em processo de edição e vão ficar disponíveis online nesse mês dedicado pela BNP ao poeta Fernando Pessoa.

Esta entrada foi publicada em Escritor, Livros com os tópicos , . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/ciberescritas/2008/04/11/indicios-de-oiro-ja-pode-ser-visto-pagina-a-pagina/" title="Endereço para Indícios de Oiro já pode ser visto página a página" rel="bookmark">endereço permamente.

4 comentários a Indícios de Oiro já pode ser visto página a página

  1. Pingback: Livro - Indícios de Oiro já pode ser visto página a página - RetortaBlog

  2. Pingback: Café da Manhã » Blog Archive » A moleskine de Mário de Sá Carneiro

  3. Já há tempo que passo por aqui e não necessitará que lho digam mas, ainda assim, valendo o que vale, a qualidade deste blogue é um valor seguro neste universos de palavras atiradas para a www.
    abraço
    P.

Deixar um comentário