Jacques Vergès, advogado dos diabos

O título do filme diz que ele é “O Advogado do Terror”. Foi o próprio, Jacques Vergès, astuto, manipulador, grandiloquente, que assim se quis baptizar – mais um golpe de teatro. Defendeu revolucionários, terroristas, nazis e “serial killers”. O que o move é insondável, como a inteligência e a perversidade. A esta desordem se chama […]