Regeneração

É um belo princípio de ética cinematográfica, este: fazer com que as personagens de um filme existam para além das categorias que as ameaçam encerrar. Les Invisibles, de Sebastian Lifshitz (18h45, Londres, hoje, DocLisboa), documenta um conjunto de personagens, homossexuais, que se assumiram e que lutaram no período entre as duas guerras. A sua intimidade, portanto, foi sendo […]