Saleh Haroun e Basil da Cunha, a noite e um delicado vampirismo

Primeiro, o embate com Souleymane Démé, dançarino de Ouagadougou, uma perna paralisada e veemência no corpo – foi nesse encontro que o realizador Mahamat-Saleh Haroun encontrou o seu filme. Depois, e isso é agora, o embate do espectador com um corpo que dança com uma perna morta mas que tem de suspender os sonhos da […]