Os mistérios dos organismos

Ferrugem e Osso/ De Rouille et D’Os – sim, é o interior do cinema de Jacques Audiard, demonstra o que se passa ali: corpos que se gastam em metamorfoses, personagens que rangem no processo de construção e de transcendência. Talvez só o título Nos Meus Lábios/Sur mes Lêvres (2001), filme com Emmanuelle Devos em surda infeliz e […]