Este (não) é o meu corpo

Catherine Breillat, o seu AVC, o encontro com um escroque que a deixou na penúria e um livro, 700 mil euros depois. Começava aí um fascinante processo de autobiografia como relato de desapossamento (logo ela, que ficou sem a parte esquerda do corpo). E agora, acabado de chegar às salas francesas, há Abus de Faiblesse, o filme. […]