Encontros imediatos do terceiro grau com a comédia italiana

Finalmente, “cinema” italiano no concurso de Veneza, “L’Ultimo Terrestre”, de Gian Alfonso Pacinotti. Houve outros filmes italianos, de Cristina Commencini, de Emanuele Crialese. Mas este é um OVNI: um filme que se confronta directamente com um patrimonio. Pacinotti (esta é a primeira longa-metragem de um criador de BD) coloca a comédia italiana a navegar no espaço. Os “aliens” chegam, mas depois os “aliens” nem querem saber dos terrestres. No lugar de “aliens” é favor ler os medos que se quiser…

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>