“Crazy Horse”, por Frederick Wiseman: um espectáculo chamado “Désir”

O coreógrafo Philippe Découfflé trabalha num espectáculo chamado “Desir” para o “nude show mais chic” do mundo. Frederick Wiseman filma. Sente-se menos do que em outros filmes do documentarista americano a estrutura de um organismo vivo em marcha, o que pode provocar solavancos na expectativa do espectador. Mais do que os bastidores, por exemplo, o […]

“Killer Joe”

Foi tratado pelo La Repubblica como “o velho” do festival, elogio que costuma ir parar invariavelmente a Manoel de Oliveira. E William Friedkin tem apenas 72 anos. Ou seja, tão novo e já com um elogio destes. Mas compensará – estamos a salivar por “Killer Joe”, filme em competição – com ferocidade. Um “thriller” cheio […]

Com a memória de Ross McElwee

  “Photographic Memory” Fazemos figas para que, com “Photographic Memory”, Ross McElwee, o realizador de “Backyard” (1984), “Sherman’s March” (1986), “Time Indefinite” (1993) ou “Bright Leaves” (2003), continue a mostrar o cineasta que é. Em exibição na secção Horizontes

Portugueses em Veneza

É na secção Horizontes, aposta nas “novas correntes”, que os portugueses Teresa Villaverde e Gabriel Abrantes vão apresentar, respectivamente, “Cisne” e “Palácios de Pena”. De um lado, a doçura, e talvez o início de uma outra idade para o cinema da cineasta: a busca de uma autonomia em relação a motivos e figuras – aprendendo, […]

Gabriel Abrantes em destaque em Veneza on e off

“Todos os meus filmes atacam o estereótipo do que é estabelecido como moralmente correcto pelo amor familiar. As raparigas de ‘Palácios da Pena’ não têm nenhuma culpa, mas afinal têm toda a culpa porque fazem parte de uma família e nessa família há uma avó que sonha, que deseja ser inquisidora. Interessou-me essa ‘cultura de […]

“Shame”, depois de “Hunger”

“ ‘Hunger’ era a história de um homem sem liberdade que usava o corpo como instrumento político e através disso criava a sua própria liberdade. ‘Shame’ examina uma pessoa que goza de todas as liberdades ocidentais e que através da aparente liberdade sexual cria a sua própria prisão” – Steve McQueen, competição

“The Ides of March”, de George Clooney, a abrir

Ryan Gosling, Clooney, Philip Seymour Hoffman, Paul Giamatti, Marisa Tomei, Evan Rachel Wood no “cast”. Na história estamos em plenas primárias da candidatura democrática para as presidenciais. Clooney é o governador que se candidata à corrida para as presidenciais americanas, mas é sobre o seu secretário (Gosling) que se centra “The Ides of March”. É […]