Ano Grande Brasil

Brasil

  • Bolsa Família, o programa que ainda dá votos a Dilma

    Fez 10 anos em 2013. E em 2014 promete continuar a dar votos a Dilma.

    O Bolsa Família (BF) tirou milhões da miséria, segundo o Governo.

    Fomos a Irará, na Bahia, onde 70% da população recebe este benefício social. “Aqui é tudo Bolsa Família”, dizem-nos. Entrevistámos a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello. Ouvimos mulheres chamar o programa de conservador. Fomos a uma favela em Salvador, o bairro do Calafate, saber como é usado e o que pensa quem o recebe.

    Afinal, é instrumento eleitoral ou medida eficaz de combate à pobreza? Dá poder às mulheres – a quem o BF é prioritariamente entregue – ou torna-as mais passivas?

    A reportagem sai no dia 5 de Março.

Comentários

Esta zona de comentários não faz parte do sistema de reputação do PÚBLICO

  1. Farol Conservador

    O Bolsa-família começou em 2003 para “tirar as pessoas da miséria e acabar com a pobreza”. Acontece que o número de contemplados com este benefício só aumenta. Tem mais pobres do queno início. Não era pra acabar com a pobreza?? Outro dado é que está promovendo a vagabundagem e o alcoolismo, uma vez que é pago com dinheiro. Tem milhões de pessoas recebendo este dinheiro desde 2003! E quem pagaesta conta? Quem trabalha e produz, é claro!

  2. Paulo

    O bolsa-esmola é um programa do PT que compra votos aqui no Brasil e incentiva as mulheres a terem muitos filhos pra viverem na miséria, e incentiva o alcoolismo, compra de cigarros, drogas e coisas que não ajudam as pessoas.
    Tem muitos pequenos agricultores que deixaram de trabalhar pois tem esta micro-renda, boa parte dos jovens (chamados nem-nem) vivem na ociosidade para poder receber a bolsa para seus inúmeros filhos, as pessoas mesmo quando conseguem um trabalho não querem mais trabalhar para poder continuar recebendo.
    O problema maior é a corrupção, pois tem milhões de pessoas recebendo sem ter necessidade de receber. É um program compra de votos em sua literalidade.

  3. Drika

    So o tempo dira se isso e bom ou ruim para os menos afortunados. O que eu nao Concordo e o tempo que a Pessoa fica recebendo a Bolsa Familia. Por prazo indeterminado. Essas areas carentes de investimento ela e necessaria. Porem, deveria ter um prazo para que a Pessoa recebesse a mesma.

  4. kayo martins

    o programa bolsa família é um grande incentivo as famílias e a economia, cada real investido no programa volta para o pib em forma de consumo, também é um programa efetivo na questão de distribuição de renda onde o Brasil é totalmente desigual, eu já fui beneficiário do programa sou do estado da Bahia o estado com maior número de beneficiários e posso dizer que esse programa realmente alterou a realidade do estado e das pessoas, hoje tenho uma condição de vida melhor e estudo engenharia numa universidade não dependo mais do programa mais respeito quem depende e espero dias melhores para todos

  5. Ana Lucia Araujo

    Artigos tão tendenciosos. Conhecem algum país desenvolvido onde não exista o rendimento social minimo?