Asclepias e arrudas começam agora a germinar no Borboletário

No passado mês de janeiro demos início às sementeiras de asclépias e de arrudas, que por se encontrarem dentro do nosso laboratório abrigadas do frio extremo que se faz sentir lá fora, começam agora a germinar.

sementeiras1

As Asclépias irão servir de alimento às lagartas de Monarca. Esta plantas são arbustos com caules leitosos introduzidos na Península Ibérica como plantas ornamentais em jardins e que têm vindo a naturalizar-se em Portugal. As asclépias fornecem às Monarcas uma defesa química eficaz contra vários predadores.

sementeiras2sementeiras5

As arrudas servirão para saciar a fome às lagartas de Cauda de Andorinha. A arruda é uma planta herbácea nativa do mediterrâneo com uma distribuição mundial devido ao seu cultivo como ornamental. É vulgarmente conhecida por erva das bruxas ou do mau olhado devido ao cheiro desagradável que possui. Os óleos presentes na arruda funcionam como repelente de insectos.

sementeiras3

 

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>