“É um terror, nem sei dizer. Metade do morro desabou.”

“… não tinha luz, não tinha água….” “… a estrada sumiu…” “…. eles morreram…” Autocarro Rio de Janeiro-Teresópolis, ontem de manhã. Silêncio, e gente ao telefone, a saber da gente. Silêncio e uma mulher a soluçar. Avançamos para Norte e depois para Nordeste. Teresópolis fica entre Petrópolis e Nova Friburgo, a meio da região serrana […]