Grândola vilá morê-ê-ná / Térra dá fratérnidá-á-dji….

Ouvem-se os pés na gravilha. Um actor-soldado começa: “Grândola vilá morê-ê-ná…” Os outros fazem coro: “Térra dá fratérnidá-á-dji….” O batalhão alinha-se diante da plateia: “O povo é quem mais ôrrdê-ê-ná / Dentro dji ti ó cidá-á-dji….” E na plateia há quem sussurre: “Dentro dji ti ó cidá-á-dji…”É o ponto alto de “Ruptura”, peça escrita e […]