O ritual do habitual

Por João Paulo Batalha, membro da Direção da TIAC Em 177 países analisados pela edição deste ano do Índice de Perceções da Corrupção, Portugal está em 33º lugar, com uma pontuação de 62 numa escala que vai de 0 (muito corrupto) a 100 (nada corrupto). Em termos comparativos, a posição portuguesa parece honrosa. O problema […]