Gaspar e a opacidade

Por Luís Bernardo, historiador e membro da TIAC Em primeiro lugar, vejo-me obrigado a fazer uma longa declaração de interesses. Reconheço-me na missão da TIAC, sou seu membro fundador e considero a nossa (sua, leitora/leitor, e minha) associação um marco histórico e uma organização pioneira no contexto cívico português. No entanto, e porque nasci numa […]

O “político de negócios”

Por Luís de Sousa, Presidente da TIAC Todos o conhecemos, numa ou noutra encarnação, com um ou outro cambiante: é carismático, expedito e desembaraçado. É um homem simpático, de trato fácil, rápido a fazer amigos e feroz na defesa dos “seus”. Ao cidadão médio, aparece muitas vezes como um aliado – ou, pelo menos, como […]

Quem paga a corrupção?

Por Luís de Sousa, Presidente da TIAC A corrupção é o cancro das democracias. Corrói as fundações éticas da democracia, retira legitimidade ao poder político, enfraquece a responsabilidade e confiança públicas e permite que certos membros da sociedade tenham um acesso privilegiado – e por vezes obscuro – aos bens públicos e decisões. A corrupção […]

Uma crise sem fim à vista

Os sacrifícios que estão a ser impostos aos gregos podem ser em vão, se não forem feitas reformas profundas no sistema de prevenção e combate à corrupção. A análise do Sistema Nacional de Integridade grego, publicada pelo capítulo da Transparency International na Grécia, alerta que as reformas económicas em curso – que visam restaurar o […]

Um retrato da fraude e da corrupção

A corrupção, a fraude e a economia paralela são um fardo que pesa sobre as economias, destrói valor para as empresas expostas a concorrência desleal e torna o sector público mais oneroso, ineficaz e desigual. Sem controlo, estes fenómenos provocam uma erosão da confiança pública e degradam as relações sociais. O crime e a falta […]