Da fria Geórgia, uma lição de democracia

Dia 1 de outubro foi dia de eleições legislativas na Geórgia. Para garantir a transparência e justiça da voltação, a Transparency International mobilizou uma equipa de 40 voluntários de vários países da Europa e da região do Cáucaso, que se juntaram a 400 observadores da sociedade civil que monitorizaram mais de 300 mesas de voto por todo o país.

A Transparência e Integridade, Associação Cívica, membro portuguesa da rede Transparency International, juntou-se a esta ação de monitorização enviando uma equipa de observadores portugueses. Este é o relato das suas experiências:

Luís Pais Bernardo: «Uma votação em quatro línguas»

Thierry Dias Coelho: «Era uma vez em Tblisssi»

David Marques: «O valor de um voto limpo»

Susana Coroado: «Como votar na Geórgia profunda»

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>