Portugal e Itália: descubra as diferenças

Uma entrevista recente de Maria Teresa Brassaiolo, presidente da Transparencia Italia (como a TIAC, membro da rede global Transparency International) sublinha algumas semelhanças entre a situação do combate à corrupção na Itália e em Portugal. A Transparencia Italia publicou no final de março o resultado da sua análise ao Sistema Nacional de Integridade (a TIAC fez um trabalho semelhante em Portugal) e não é difícil encontrar pontos de contacto.

“Precisa de haver maior responsabilização do setor público”, diz Maria Teresa Brassaiolo. “O setor público deve seguir as mesmas regras que o setor privado e a sociedade civil. Até agora, muitos dos que trabalham nas instituições públicas, nos ministérios, no poder executivo e na Justiça, incluindo os políticos, gozam de privilégios inaceitáveis, quer em altos salários quer em falta de responsabilização. A crise financeira pôs isso a nu”. Soa familiar, certo?

Tal como na Itália, os problemas do Sistema Nacional de Integridade só se resolvem com forte pressão pública. Para isso, o contributo da sociedade civil é insubstituível. “A sociedade civil tem de ser corajosa, equilibrada e competente; e precisa de insistir na educação, educação e mais educação para provocar mudanças a longo prazo”. É precisamente na altura em que a situação económica e social mais se agrava que a voz da população mais tem de ser ouvida. Na Itália como em Portugal.

Um comentário a Portugal e Itália: descubra as diferenças

Responder a elizabeth Cancelar resposta

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>