Um sistema descarrilado.

O que nos diz um acidente ferroviário que provocou 51 mortos e 700 feridos sobre o estado de um país? Segundo escreve o jornalista Daniel Politi no blogue do New York Times, diz muito. A colisão de um comboio numa estação de Buenos Aires, na Argentina, revela os enormes problemas de segurança de um sistema ferroviário abandonado há demasiados anos à negligência das autoridades e aos negócios pouco transparentes entre o Estado e investidores privados que atuam com a proteção dos poderosos.

“Este sistema criou incentivos perversos. As empresas [ferroviárias] tentam ganhar a simpatia dos decisores no Governo por forma a receberem subsídios, sem se preocuparem com a segurança dos passageiros ou com outras necessidades dos utilizadores”, escreve Daniel Politi.

E em Portugal? Quais são as prioridades da nossa política de transportes?

Leia “Argentina Derailed” no blogue do New York Times

Esta entrada foi publicada em Sem categoria com os tópicos , , , . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/asclaras/2012/02/28/um-sistema-descarrilado/" title="Endereço para Um sistema descarrilado." rel="bookmark">endereço permamente.

Um comentário a Um sistema descarrilado.

  1. esperava ver aqui muitos comentários sobre este assunto mas, enganei-me.afinal onde estão todos aqueles que comentam sobre as greves, acham que a segurança dos que viajam e trabalham nos transportes publicos não é importante? na europa tb houve um exemplo parecido ao da argentina, foi no reino unido e neste momento o estado já está a reagrupar as linhas, que estavam na mão dos privados, na companhia publica de caminhos de ferro.

    Responder

Responder a mario Cancelar resposta

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>