Presidente do Parlamento Timorense considera injusto ranking de corrupção

O presidente do parlamento de Timor-Leste, Fernando La Sama de Araújo, considerou injusto o Índice de Percepção da Corrupção de 2011 que qualifica o país com elevado risco de corrupção. Timor-Leste é considerado um país de elevado risco de corrupção, ocupando a 143.ª posição em 183 países, segundo o Índice de Percepção da Corrupção de 2011 da Transparência Internacional.

“Penso que não é muito justo colocar Timor junto de Singapura ou de Hong Kong porque nós ainda estamos num processo de construir, de formar as instituições para a implementação desse conceito”, afirmou à agência Lusa Fernando La Sama de Araújo.  Recordou também que em Timor-Leste já foi criada a Comissão Anticorrupção, que a lei anticorrupção está no parlamento e que já foi aprovada a lei do tribunal de contas.

Artigo completo da Lusa ” Injusto colocar Timor-Leste ao lado de países como Singapura “

Um comentário a Presidente do Parlamento Timorense considera injusto ranking de corrupção

  1. Mais vale um juiz bom e prudente que uma lei boa. Com um juiz mau e injusto, uma lei boa de nada serve, porque ele a verga e a torna injusta a seu modo” Código Geral da Suécia, 1734.

    Os Juízes (as) ignoram pareceres, testemunhas, não lêem depoimentos, não respondem aos quesitos em tempo útil, perdem apontamentos, e depois querem os arranjinhos entre advogados. Assim, é a própria Justiça que permite a violação dos direitos e liberdades fundamentais consagrados na CRP.

    Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>