Audiências – Sábado, 27 de Dezembro

Programa mais visto do dia: a novela da TVI Flor do Mar (14,7 de rating/37,5 de share/aprox. 1,390 mil espectadores), seguida da novela da TVI Feitiço de Amor (14,6/41,0/1,381 mil) e do Jornal Nacional da TVI (13,5/34,4/1,277 mil).
Programa mais visto da SIC: o programa de apanhados Não Há Crise! (11,7/30,3/1,107 mil; quarto programa do dia).
Programa mais visto da RTP-1: Telejornal (11,4/29,4/1,078 mil; quinto programa do dia).
Programa mais visto da RTP-2: o espectáculo do Cirque du Soleil Kooza emitido cerca das 15h30 (2,0/8,2/189 mil).
Canal mais visto no universo do cabo: TVI (28,7 de share/232,500 espectadores de média), seguido da SIC (21,2/172 mil) e da RTP-1 (19,9/161 mil).
Canal de cabo mais visto: Panda (2,8/23 mil; quinto canal do dia), seguido da SIC Notícias (2,6/21 mil; sexto canal do dia) e do Hollywood (1,9/15 mil; sétimo canal do dia).

5 comentários a Audiências – Sábado, 27 de Dezembro

  1. Não há Crise começa a gastar-se…Os Segredos bom resultado (peq. queda). O Filme que antecedeu o Jornal Nacional era algo de outro mundo? Levanta-te e Ri muito bem.

  2. Não perecebo porque é que a novela Flor do Mar tem tanto sucesso. Nem a minha mãe vê… Segundo o que sei, é uma tragédia pegada com muita choradeira à mistura.

  3. Não tinha a Sic como mentirosa. Promete pelo menos um filme todos os dias até ao dia 5 de Janeiro e depois não cumpre, amanhã 29 de Dezembro Especial Rebeld Way das 16.30 até as 20h. Mentir é feio meus senhores, antigamente punham pimenta na língua de quem mentia para não dizer coisas piores.

  4. Desculpem ser chato, mas em cerca de 24h a RTP transmitiu 2 vezes o excelente concerto dos 45 anos Carlos do Carmo 45 anos(o mesmo aconteceu se não estou em erro com a Ceia de Natal) é bom, mas era escusada a repetição ainda que na RTP2(a mesma que diz que passa montes de shows musícais nesta quadra, sendo eles na sua maioria ou mesmo na totalidade repetidos ainda que e neste caso e bem, espaçados no tempo).

  5. Já agora, alguém me pode explicar porque é que a TVI passou o CQC para último plano, isto é, após as novelas? Não andavam para aí todos contentes porque o programa tinha tido 3 milhões de espectadores na estreia?